EMAIL US AT ajan@jesuits.africa
LIGUE AGORA (+254-20) 3884 528
DONATE TO OUR CAUSES

The Centre Arrupe Madagascar - O Programa de Saúde e Família para jovens

Os meses de setembro e outubro foram um período de intensa sensibilização para a Pastoral Saúde e Família a nível do Centro Arrupe Madagascar (ODM CA). Com efeito, com a sua visão “uma sociedade mais justa, um mundo mais viável e um ambiente mais habitável”, o ODM CA canalizou os seus esforços para o potencial oferecido pelos jovens para contribuir para a concretização desta visão. Foi então necessário o desenvolvimento integral dos jovens por meio desses 4 programas, em especial o PSF Pastoral Saúde e Família, o Programa de Participação Cidadã e Eficiência Econômica PCE, o Programa de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável EDD e o Programa de Pesquisa e Documentação PRD. Isso se enquadra na preferência apostólica universal 03 da Companhia de Jesus: caminhar com os jovens.


O Programa Saúde e Família promove, em particular, os bons valores, para fortalecer os jovens como membros plenos da família, fonte de felicidade e esperança para viver plenamente a sua juventude. Um jovem que diariamente enfrenta muitos desafios e que se esforça cada vez mais para realizar seus sonhos, expectativas, esperanças, vocação, enfim, seu futuro.


Em seguida, foram organizadas algumas atividades relacionadas com este objetivo, começando por sensibilizar os jovens na luta contra a violência contra meninas e mulheres, para serem embaixadores das respectivas regiões nesta luta árdua, a fim de prevenir, reduzir e até erradicar este flagelo que persiste por várias décadas por causa de práticas nocivas ligadas à tradição, discriminação na educação, vários estereótipos que desvalorizam o potencial de meninas e mulheres, etc. Esta atividade ainda está em andamento, os jovens estão produzindo ferramentas de conscientização para atividades de advocacy nesta luta. Os resultados serão apresentados posteriormente.

Além disso, foi realizado, no dia 3 de setembro de 2021, um curso de formação em coaching de jovens, com 34 participantes, todos educadores e gestores de estabelecimentos de ensino. Esta formação insere-se na promoção do AHAPPY, visto que o ODM CA promove que este programa seja parte integrante da EVA (Educação para a Vida e o Amor). Indo nessa direção e perseguindo as perspectivas de desenvolvimento pessoal dos jovens, uma sessão de coaching complementaria o EVA e o AHAPPY para uma visão mais sustentável. Com efeito, o coaching ajuda a saber utilizar as suas potencialidades e tirar partido das suas vantagens para um melhor sucesso.

No cumprimento da sua missão, a equipa do PSF encontra-se mensalmente com 75 jovens de uma freguesia de um bairro popular da capital. A equipa respondeu ao seu pedido porque os contextos e as situações dos jovens do bairro os encorajaram a seguir um intercâmbio regular a fim de promover os comportamentos corretos a adotar para evitar o início de uma relação íntima precoce que tem feito muito com as vítimas. Portanto, esta sessão começou no domingo, 22 de agosto, com temas básicos sobre como conhecer a si mesmo e aos outros, com uma introdução aos fundamentos de um relacionamento duradouro. A segunda reunião em 17 de outubro é sobre como cultivar o espírito de paz e não violência neste relacionamento com os outros. Trata-se sobretudo de construir uma relação saudável e harmoniosa no casal, como indica o tema, focalizando os diferentes fatores que constituem o sucesso para o futuro, como os estudos, a profissão, as diferentes formas de responsabilidades dos jovens. Um curta-metragem sobre a abstinência antes do casamento foi exibido. O encontro terminou com uma reflexão madura sobre o lugar do discernimento espiritual na vida dos jovens. Este é também o tema a ser explorado na próxima sessão, que nos basearemos no manual AHAPPY.

Como a data de 11 de outubro está definida como sendo o Dia Internacional da Menina, tendo como tema deste ano: “Geração digital. Nossa geração ”, a CA ODM / PSF não deixou de marcar este evento com uma conferência realizada no sábado, 23 de outubro, sob o tema:“ as meninas e o mundo digital ”. De fato, a situação criada pela pandemia do coronavírus estimulou o uso de plataformas digitais em muitas áreas, incluindo educação, acesso à informação, conscientização sobre saúde, comunicação profissional, etc. É então uma questão de levantar a voz a favor das meninas para que ninguém seja excluído de entrar no mundo digital. Isso também requer apoio, visto que a violência contra meninas no mundo digital se manifesta nas redes sociais. Os palestrantes da conferência são todos atores que defendem a educação para todos, a saber, representantes de uma escola pública que apresentou o programa "Ciência-Tecnologia-Engenharia-Matemática ou STEM" para meninas do ensino médio em seu estabelecimento, seguido por um embaixador da a associação de escotismo que partilhou o potencial dos jovens da sua associação através da plataforma digital. No entanto, alguns avisos para a proteção das meninas que enfrentam os vários abusos que podem prejudicar as meninas foram apresentados por um inspetor de polícia que trabalha a serviço da luta contra o crime cibernético, e uma organização privada que trabalha nesta área.

AMDG

Masy Alinoro Razafindradama

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

INSCRIÇÃO NA NEWSLETTER

Inscreva-se agora para receber atualizações por e-mail sobre os acontecimentos atuais na AJAN África.

pt_PTPortuguês