Os princípios são os fundamentos a partir dos quais se derivam os valores. Tal como a força da gravidade, eles são essenciais para se conseguir ter uma vida com um sentido útil de controlo e direção. No Campo de Uhuru, em Nairobi, no Quénia, um grupo de jovens dedicados desfrutou de lições calorosas proporcionadas por uma equipa de formadores do AHAPPY da AJAN.

Os jovens, de idades entre os 14 e os 21 anos, vieram de duas comunidades da força policial da administração do Quénia. A primeira, do Campo de Uhuru, fica bem no centro de Nairobi, enquanto a segunda, a Escola de Formação em Administração do Quénia, fica nos arredores de Nairobi.

Os jovens tinham grandes expectativas, no momento em que começou a formação, a 4 de dezembro de 2019, com uma duração prevista de três dias. Assim que a Lilian, uma formadora experiente, terminou as apresentações, ela convidou-os a partilharem as suas expectativas antes do início da formação.

Logo desde o início, os jovens mostraram a sua expressividade. Eles procuraram ser “instruídos para se tornarem gente melhor”, como dizia Pauline, para “adquirir mais conhecimento e habilidades”, como sublinhou Alfred, para “aprender mais sobre os desafios que enfrentamos hoje e como estarmos preparados para os superar”, como afirmou Francisca, e para “recuperar o nosso orgulho enquanto jovens”, como Charles referiu apropriadamente. Eva esperava “tornar-se mais responsável na vida” e Anthony estava determinado a “aprender valores que pudessem guiar a sua vida”.

acima: Rev. Pe. ASP Mark Kasia, capelão católico principal, APS, depois de celebrar a Santa Missa com os beneficiários do programa AHAPPY no SGB, Uhuru Camp.

A Lilian passou depois a apresentar a Rosemary, uma outra formadora, que conduziu os jovens por uma breve jornada de descoberta pessoal e testou o seu próprio conhecimento sobre o HIV e a SIDA. Os jovens empenharam-se num percurso sombrio de revisão das suas vidas, mas foram ajudados a apreciar que a vida tem os seus altos e baixos e a perceber que ninguém está dispensado de ter de lutar por ela. Seguiu-se um processo de cura pelo qual eles embarcariam numa curta jornada mental de superação do passado e de abertura de uma nova página nas suas vidas.

No dia seguinte, que era o segundo da formação, mudou-se de local para a Escola de Formação em Administração do Quénia. Ali, a Lilian introduziu os jovens ao conhecimento sobre o HIV e a SIDA; como é que as pessoas ficam infetadas, como prevenir a infeção e como levar uma vida positiva, mesmo após a contração do vírus mortal.

Uma atitude positiva, apreciação, sabedoria, intuição, generosidade, fortaleza, segurança, esperança, confiança e muitos outros valores passaram por uma revisão crítica nas mentes e nos corações dos jovens, à medida que os formadores os ajudavam a ancorar os pensamentos sobre as suas vidas em terreno sólido. “Os Princípios e os Valores sobre os quais ancorar a minha vida” foi o tema apresentado por Caleb no penúltimo momento da formação, no terceiro e último dia, a sexta-feira 6 de dezembro de 2019. Foi uma sessão interativa, tal como as anteriores, em que ele os levou a identificar e anotar três valores, por ordem de importância. De entre esses valores, resumiu alguns que a equipa considerou como sendo essenciais para uma vida de sucesso. No entanto, foi sublinhado que os valores funcionam melhor se aplicados em conjunto e não exclusivamente.

Por fim, a Lilian fez uma recapitulação dos pontos aprendidos durante os três dias; ficou claro ter-se tratado de uma oportunidade fantástica na vida daqueles jovens, e que provavelmente transformará as suas vidas para melhor.

Leave a Reply

error: communication@ajan.africa for content

Notice: Undefined index: prnt_scr_msg in G:\PleskVhosts\ajan.africa\httpdocs\wp-content\plugins\wp-content-copy-protector\preventer-index.php on line 171