Do calendário de atividades da AJAN para 2019 fazem parte os simpósios para escolas secundárias em países africanos em que temos parceiros. Os resultados mais notáveis destes simpósios são, entre outros, permitir que os estudantes descubram os seus talentos ou capacidades e um impulso à sua capacidade de interagir, o que faz aumentar a sua aptidão para expressar-se e aprender com os outros. Esta abordagem é capaz de aperfeiçoar imenso as perspetivas e comportamentos dos estudantes no que diz respeito ao HIV e à SIDA.
O tópico deste dia (29 de junho de 2019) foi: Viver com responsabilidade para um amanhã melhor. Estiveram presentes a Escola de S. Luís Gonzaga, que era a anfitriã, o Centro Católico de Educação Irmão Beausang e a Escola Secundária de S. Miguel, das Irmãs da Misericórdia. Cada escola trouxe 50 estudantes para um total de 150.

As três equipas receberam antecipadamente uma lista de questões para se poderem preparar adequadamente para o dia. O AHAPPY visa chegar ao maior número possível de estudantes e criar uma oportunidade e plataforma para que possam partilhar o seu conhecimento, experiências e perceção quanto ao HIV e à SIDA, às Infeções Sexualmente Transmissíveis e a outras doenças. As questões entregues antecipadamente aos estudantes diziam respeito a valores, compreensão deste flagelo, modelos de comportamento e outras.

Além dos formadores, a AJAN teve o prazer de acolher como convidado do dia o Sr. Steve Arodi, um motivador juvenil, que fez uma empolgante apresentação sobre autoconsciência. As estratégias empregues pelos estudantes para este dia incluíram pequenas representações, canções, períodos de perguntas e respostas e debate em plenário.
O simpósio iniciou-se às 9h30m e terminou às 16h45m. A AJAN está também a delinear simpósios para instituições em outros países além do Quénia.

Leave a Reply